Da Santa Inquisição à Inquisição OnLine

Recentemente recebi um comentário vindo de um canal  denominado Inquisição OnLine, o nome é belo e creio que a intenção do autor seja nobre, mas gostaria de recordar que o mesmo não combina em nada com o credo conciliar, no qual o conceito de Inquisição é de todo contrário ao subjetivismo ecumenista do falso dogma da liberdade religiosa. Para dizer o mínimo, o Vaticano II e seus Papas Conciliares declaram como lei de razão e fé aquilo que foi condenado como heresia, loucura e absurdo pela Igreja Católica Apostólica Romana e, mais ainda, negado pela prática constante da Igreja na sociedade, como bem ilustram os Tribunais da Santa Inquisição e o Índice dos Livros Proibidos.

REFERÊNCIAS

1. Roncalli, futuro João XXIII, suspeito de modernismo:

CAHILL, Thomas. Pope John XXIII. New York: Penguin, 2002, p. 94-105.

OMLOR, Patrick Henry. The “Unpersoning” of St. Philomena. Greenacres: Catholic Research Institute, 2001, p. 46s.

2. Roncalli, amigo de modernistas, comunistas e maçons:

COOMARASWAMY, Rama P. The Destruction of the Christian Tradition. Bloomington: World Wisdom, 2006, p. 133-144.

RADECKI, Dominic; RADECKI, Francisco. Tumultuous Times: The Twenty General Councils of the Catholic Church and Vatican II and Its Aftermath. Wayne: St Joseph’s Media, 2004.

3. Francisco doa 100 mil euros para a construção de um mosteiro dos cismáticos orientais, aqueles mesmos que negam o Primado Petrino:

PONGRATZ-LIPPITT, Christa. Pope donates 100,00 euros (£90,000) towards first orthodox monastery in Austria, 7 mar. 2018. Disponível em: <http://www.thetablet.co.uk/news/8686/pope-donates-100-000-euros-90-000-towards-first-orthodox-monastery-in-austria&gt;. Acesso em: 18 mar. 2018.

4. Francisco honra ativista pró-aborto com Medalha de São Gregório:

HICHBORN, Michael. Pope Francis Awards Architect of Safe-Abortion Fund with Pontifical Honor, 12 jan. 2018. Disponível em: <http://www.lepantoinstitute.org/pope-francis/pope-francis-awards-architect-safe-abortion-fund-pontifical-honor/&gt;. Acesso em: 18 mar. 2018.

5. De nação vibrantemente católica, Inglaterra converteu-se em protestante pela apostasia em massa do clero:

DUFFY, Eamon. The Stripping of the Altars: Traditional Religion in England, 1400–1580. New Haven: Yale University Press, 1992.

LEITURAS COMPLEMENTARES

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s