A carreira de um pecador em onze passos

1º – É tentado pelo inimigo;
2º – – Pensa sobre a tentação;
3º – – – Passa a estimar o pecado;
4º – – – – Alegra-se com o prospecto de o cometer;
5º – – – – – Consente em cometê-lo – pecado mortal;
6º – – – – – – Põe em prática o que consentiu no coração;
7º – – – – – – – Transforma o pecado em um costume – vício;
8º – – – – – – – – Desiste de lutar contra ele, torna-se indiferente;
9º – – – – – – – – – Não o considera mais um pecado, antes o defende;
10º – – – – – – – – – – Considera-o já uma virtude e o ensina aos demais;
11º – – – – – – – – – – – É condenado e precipitado no inferno com Satanás.

Haec est denum longa illa et horrenda peccatorum catena.
Esta é enfim aquela longa e horrenda cadeia dos pecadores.

Em suma, são onze passos:

(1) sugestão, (2) cogitação, (3) afeição, (4) deleitação, (5) consentimento –pecado mortal, (6) operação, (7) hábito, (8) desesperação, (9) defesa do pecado, (10) vanglória e (11) danação.

Cf. S. Petrus Canisius S. J. Summa Doctrinae Christianae cum apendice de hominis lapsu et justificatione secundum sententiam et doctrinam Concilii Tridentini. Landishuti: Offic. Josephi Thomann, MLCCXLII (1842), p. 148.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s