Não se reza mais como antigamente: as orações cotidianas depois do Vaticano II

Das mudanças que separam a Igreja Católica de sempre ou Pré-Conciliar da Igreja Modernista ou Pós-Conciliar, depois das mudanças na Liturgia e na disciplina eclesiástica, certamente o que mais impressiona os fiéis são as mudanças feitas nas orações de todos os dias, aquelas recitadas cotidianamente pelos católicos e passadas de geração em geração na língua de nossos pais.

Talvez, mediante a consideração dessas mudanças, fique mais clara a ousadia dos “reformadores”, pois aqui é mais fácil de perceber sua deliberada falta de respeito para com as tradições eclesiásticas e, sobretudo, sua agenda oculta: evitar a “teologia negativa” característica do catolicismo tradicional e propor, em seu lugar, uma linguagem “mais positiva”, em conformidade com o liberalismo maçônico dos tempos modernos.

Além disso, há nessa exposição um fim muito prático: fazer com que os recém-chegados do modernismo, cientes dessas mudanças, possam corrigir-se e passar a recitá-las como a Igreja manda, sem as inovações modernistas.

As mudanças mais notórias ocorreram no Pai Nosso, no Glória, no Credo, na Consagração à Nossa Senhora e no Terço. Eis a versão modernista confrontada com a versão católica tradicional:

Pai Nosso Modernista

Pai Nosso que estais nos Céus, santificado seja o vosso Nome, venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas ofensas assim como nós perdoamos a quem nos tem ofendido, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do Mal. Amém. [às vezes oculta-se o “Amém”, porque na Missa Nova o “Amém” foi removido.]

Pai Nosso Católico

Padre Nosso que estais nos Céus, santificado seja o vosso Nome, venha a nós o vosso Reino, seja feita a vossa vontade assim na terra como no Céu. O pão nosso de cada dia nos dai hoje, perdoai-nos as nossas dívidas assim como nós perdoamos aos nossos devedores, e não nos deixeis cair em tentação, mas livrai-nos do Mal. Amém.

Credo Modernista

Creio em Deus Pai todo-poderoso, criador do céu e da terra; e em Jesus Cristo, seu único Filho, Nosso Senhor; que foi concebido pelo poder do Espírito Santo; nasceu da Virgem Maria, padeceu sob Pôncio Pilatos, foi crucificado morto e sepultado; desceu à mansão dos mortos; ressuscitou ao terceiro dia; subiu aos céus, está sentado à direita de Deus Pai todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos; creio no Espírito Santo, na santa Igreja Católica, na comunhão dos santos, na remissão dos pecados, na ressurreição da carne, na vida eterna. Amém.

Credo Católico

Creio em Deus Padre, todo-poderoso, Criador do céu e da terra. E em Jesus Cristo, um só seu Filho, nosso Senhor, o qual foi concebido do Espírito Santo, nasceu de Maria Virgem; padeceu sob o poder de Pôncio Pilatos, foi crucificado, morto e sepultado; desceu aos infernos; ao terceiro dia ressurgiu dos mortos; subiu aos céus, está sentado à mão direita de Deus Padre todo-poderoso, donde há de vir a julgar os vivos e os mortos; creio no Espírito Santo; na santa Igreja Católica; na comunhão dos santos; na remissão dos pecados; na ressurreição da carne; na vida eterna. Amém.

Glória ao Pai Modernista

Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo. Como era no princípio, agora e sempre. Amém.

Glória ao Pai Católico

Glória ao Padre e ao Filho e ao Espírito Santo. Assim como era no princípio, agora e sempre e por todos os séculos dos séculos. Amém.

Consagração à Nossa Senhora Modernista

Ó Senhora minha! Ó minha mãe! Eu me ofereço todo a vós, e, em prova da minha devoção para convosco, eu vos consagro [neste dia], os meus olhos, os meus ouvidos, a minha boca, o meu coração e inteiramente todo o meu ser. E porque assim sou vosso, ó incomparável mãe, guardai-me e defendei-me como filho e propriedade vossa. Amém.

Consagração à Nossa Senhora Católica

Ó Senhora minha! Ó minha mãe! Eu me ofereço todo a vós, e, em prova da minha devoção para convosco, eu vos consagro [neste dia], os meus olhos, os meus ouvidos, a minha boca, o meu coração e inteiramente todo o meu ser. E porque assim sou vosso, ó incomparável mãe, guardai-me e defendei-me como coisa e propriedade vossa. Amém.

Terço Modernista

Mistérios Gozosos na segunda-feira e no sábado;
Mistérios Dolorosos na terça e sexta-feira;
Mistérios Luminosos na quinta-feira;
Mistérios Gloriosos na quarta-feira e no domingo.

Terço Católico

Mistérios Gozosos na segunda e quinta-feira;
Mistérios Dolorosos na terça e sexta-feira;
Mistérios Gloriosos na quarta-feira, sábado e domingo.

2 comentários em “Não se reza mais como antigamente: as orações cotidianas depois do Vaticano II

  1. Salve Maria!
    Irmão Diogo, gosto muito de ouvi -lo. Tenho aprendido, com a graça de Deus, o quanto a Igreja católica é maravilhosa e me entristeço por terem nos escondido toda essa riqueza.
    Gostaria muito de comprar o calendário de vocês mas no momento estou sem ter como fazê-lo.
    Peço a Nossa Senhora que o guarde e o proteja e a todos do seminário.
    Obrigada por todo ensinamento!
    Salve Maria!
    Márcia Assunção

    Curtir

  2. Tem também a alteração do ‘Infinitas Graças Vos damos’, alteraram o ‘vossas mãos maternais’ por ‘vossas mãos liberais’. Só não sei o que querem dizer com ‘mãos liberais’.
    A oração tradicionalmente rezado antes do Salve Rainha:
    “Infinitas graças Vos damos, soberana
    Rainha, pelos benefícios que todos os
    dias recebemos de vossas mãos
    maternais.
    Dignai-Vos, agora e para sempre,
    tomar-nos debaixo do vosso
    poderoso amparo, e, para mais Vos
    agradecer vos saudamos com uma
    Salve Rainha.”
    Aproveitando o comentário, Senhor tem a versão em Latim? Eu nunca consegui achar.

    Curtir

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s