O Corpus Christi que perdemos

Os modernistas em sua “Reforma Litúrgica” de 1969 destruíram com o belíssimo Ofício de Corpus Christi, composto por ninguém menos que o insigne teólogo e poeta, Santo Tomás de Aquino, no século XIII, para a Festa do Santíssimo Corpo de Deus. A consequência imediata dessa mudança foram os intermináveis espetáculos de irreverência e profanação à Santa Eucaristia que se seguiram desde então, bem como o esquecimento das lições que a Santa Igreja nos transmite nesta solenidade.

Uma das mais importantes destas verdades, deliberadamente esquecida e culposamente desprezada pelos modernistas, é aquela da necessidade de evitar a comunhão sacrílega, isto é, o grave pecado de receber a Santa Comunhão em pecado mortal, sem fazê-la preceder do necessário arrependimento e da confissão sacramental. Neste vídeo, hei de demonstrar, com a verdade e os fatos, a malícia dos reformadores neste ponto, de tal modo que todos conheçam a sua falta de honestidade e piedade.

Seja membro do Controvérsia Católica e tenha acesso a lições exclusivas:
https://www.youtube.com/channel/UCLRBs01oGsDk5wP1qykUOAQ/join

APOIE O CONTROVÉRSIA CATÓLICA
Chave Pix ou Paypal: diogodeguaramirim@gmail.com

Banco: 341 – Itaú Unibanco SA
Agência: 8677
Conta: 01325-5
Titular: Diogo Rafael Moreira
CPF: 090.981.389-26

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s