Resposta a um auto-intitulado pastor protestante

Recentemente um auto-intitulado pastor escreveu um comentário em nosso vídeo sobre a pedofilia. Posto aqui minha resposta ao autor, pois esta revela a íntima relação que há entre o protestantismo e o liberalismo denunciado no vídeo.


Agradeço pelos votos, e peço que o senhor considere seriamente abandonar a falsa religião do protestantismo, pois ela é a fonte da falsa noção de liberdade de opinião – esta mesma que é a causa remota da pedofilia. Com o conceito de livre exame do maldito Lutero, as pessoas passaram a não ver mal em desprezar a autoridade da Igreja estabelecida por Nosso Senhor Jesus Cristo, com isso todo e cada indivíduo, até mesmo o mais idiota, de repente tornou-se o papa de si mesmo e daí nasceram mil e uma confusões e escândalos. Acusando falsamente a Igreja de crimes que ela não cometeu, sendo caluniadores ao extremo, os protestantes prepararam o caminho para as liberdades que dariam origem ao divórcio, uso de contraceptivos, aborto e tudo mais o que não presta. Vocês, protestantes, são a causa de nossos males e, a menos que se convertam, é certo que não entrarão no reino de Deus, porque dele se separaram faz muito tempo. De fato, quem rejeita os apóstolos de Cristo rejeita o próprio Cristo. Vocês são falsos cristãos, sujam o nosso nome mentindo que são discipulos de Cristo, quando na verdade são ministros do diabo. E maior culpa tem o senhor que além de professar uma religião claramente falsa, ainda tem a audácia de se chamar de pastor. Por favor, se o senhor ama Jesus realmente, então seja homem e abandone esta seita infernal.


O dito pastor apagou seu comentário, mas pouco depois publicou um novo em outro lugar. Nossa resposta é esta:

Seja anátema o senhor e o seu falso Evangelho, Deus o repreende por usar sua língua para denegrir a Igreja de Cristo, pois Jesus não fez de sua igreja um bordel protestante, mas antes escolheu alguns dentre os seus e investiu-lhes de autoridade na Igreja; estes fizeram o mesmo, consagrando bispos, ministros idôneos para continuar o apostolado – somente eles têm o pleno sacerdócio de Cristo e detém o poder de mando na Igreja. Se o senhor não está submetido a um bispo católico, o senhor é um rebelde e será severamente punido por isto quer nesta vida, quer na outra. Converta-se ou desapareça, pois traidores declarados não são bem-vindos neste canal.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s