Festa de São José: Protetor da Santa Igreja, Esposo da Santíssima Virgem Maria e Padroeiro de nossa Capela e Seminário

Compartilhar controvérsia

Sermão da festa de São José, Protetor da Santa Igreja, Esposo da Santíssima Virgem Maria e Padroeiro de nossa Capela e Seminário.

São José é o Patrono da Santa Igreja, Esposo da Santíssima Virgem Maria e Padroeiro de nossa Capela e Seminário. Não obstante os sofrimentos que teve de padecer, São José foi o protetor por excelência da Sagrada Família. Guardião que foi do Menino Jesus e da Augusta Mãe de Deus, hoje continua velando pela família dos discípulos de Nosso Senhor, a Santa Igreja Católica Apostólica Romana.

A assistência de São José sobre a Igreja é notável e podemos até dizer que ela é empiricamente constatável. De fato, a obra mesma deste Seminário é fruto e sinal da vigilância deste santo varão sobre a Igreja de Deus.

É fruto, porque este Seminário não se concebeu e construiu sem a elevação de preces ao glorioso São José e seguramente podemos dizer que esta obra só se mantém de pé, em meio de tantas adversidades, porque goza de seu patrocínio.

É ainda sinal de sua proteção, pois esta casa de formação tem por objetivo formar sacerdotes que sigam o exemplo de São José, isto é, que zelosamente guardem tudo o que é de Jesus, Nosso Rei e Senhor. Protetores da Igreja, guardiões da fé, varões que se conformem à fé e piedade do castíssimo esposo da Santíssima Virgem: é a estes que queremos formar em nosso Seminário, cujo distintivo é a defesa intransigente dos dogmas e preceitos negados pelas heresias de nosso tempo, sobretudo pelo modernismo institucionalizado pelo Vaticano II.

Eis então a confissão de nossa dívida para com São José, eis também a missão deste Seminário, coisa bastante difícil para os homens, mas fácil para Deus e ainda mais fácil com a intercessão de São José. Tornamos, pois, público o nosso emocionado agradecimento a nosso Padroeiro e aproveitamos para renovar o nosso compromisso de formar sacerdotes inteiramente devotados ao serviço de Jesus Cristo, sacerdotes à imagem de São José.

Aproveitamos também para convidar todos quantos que assim pensem a cooperar com esta obra, aos leigos em geral pelas orações, assistência às cerimônias públicas da capela e também dando o apoio material devido aos ministros de Cristo; aos moços em particular pela séria consideração de sua vocação, refletindo se acaso Deus não os tenha assinalado para seguir o caminho da sacerdócio. Com oração constante e ajuda mútua, santificaremos as nossas almas e glorificaremos a Deus com as nossas obras.


Compartilhar controvérsia

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.