A oração do fariseu e do publicano

Compartilhar controvérsia

Sermão do X Domingo depois de Pentecostes proferido pelo Reverendo Padre Rodrigo da Silva.

Esta parábola de Nosso Senhor ensina muitas lições importantes. A oração, ou seja, a elevação da alma a Deus representada pela subida ao templo do fariseu e do publicano, deve ser acompanhada pela humildaCB de deste último. De fato, na oração se deve pedir perdão a Deus pelos pecados cometidos, graça para progredir no bem e assim obter a perseverança final. É reprovada e estéril a oração de quem age como o fariseu, isto é, quem está em posse de um zelo fingido, cheio de vanglória e desprezo do próximo. Que pratiquemos então a nossa religião sem hipocrisia, sempre cultivando a humildade para com Deus e a caridade para com o nosso próximo.


Compartilhar controvérsia

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.