Introdução à História Secreta das Heresias

Os antigos se esforçaram para compreender a Deus e a sua obra, e nisto se sobressaíram os Doutores Escolásticos, dentre os quais brilha São Tomás de Aquino. Apoiados na revelação divina, na experiência dos séculos e na razão humana, estavam eles convencidos da ação insidiosa do demônio sobre os homens e da suma importância de proteger-se contra os seus enganos e seduções mediante a Santa Igreja de Jesus Cristo, sociedade estabelecida para resgatar, conduzir e salvar aqueles que estavam sob o seu domínio e influência.

Os modernos, porém, voltando-se para o homem, puseram toda a ênfase no exame de suas intenções, ações e operações. Assim eles esperavam, cada qual a seu modo, livrar-se do demônio sem a Igreja. Exemplos clássicos são Lutero e Descartes, um querendo livrar-se de Satanás somente pela fé fiducial; o outro querendo escapar do gênio mau pela certeza do seu próprio pensamento. Desde então, na medida que passam as gerações, a influência do demônio aumenta, ao mesmo passo e velocidade que a percepção de seu real caráter e função na história diminui.

Hoje em dia, pouco se fala sobre o papel do demônio na história humana, ainda menos sobre o papel fundamental que este teve na origem e desenvolvimento de todas as heresias. Já é tempo de recuperar esse conhecimento perdido e, na medida de nossas forças, dar continuidade ao trabalho dos Doutores Escolásticos, há muito abandonado pelos modernos autores que só enxergam as intenções e os sentimentos dos homens.

Para tanto, São Tomás de Aquino, São Roberto Belarmino e Santo Afonso Maria de Ligório serão de grande importância, o primeiro por sua sublime compreensão do demônio como caput malorum, o segundo por seu brilhante esquema sobre a ordem das heresias segundo a mente do demônio e o terceiro por sua consideração preliminar sobre seu terrível efeito na história eclesiástica. Além disso, teremos que nos valer também daquilo que autores eclesiásticos mais recentes disseram, já que os Santos Doutores não sobreviveram para ver os erros diabólicos que contemplamos em nossos dias, muito embora não faltem indícios de que eles os tenham pressentido.

Seja membro do Controvérsia Católica e tenha acesso a lições exclusivas:
https://www.youtube.com/channel/UCLRBs01oGsDk5wP1qykUOAQ/join

APOIE O CONTROVÉRSIA CATÓLICA
Chave Pix ou Paypal: diogodeguaramirim@gmail.com

Banco: 341 – Itaú Unibanco SA
Agência: 8677
Conta: 01325-5
Titular: Diogo Rafael Moreira
CPF: 090.981.389-26

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s